ASTRONOMIA ATRAVÉS DA JANELA > O CÉU PERDEU AS ESTRELAS?

ASTRONOMIA ATRAVÉS DA JANELA > NÃO PERCA O CÉU DE ABRIL
03/04/2020
ASTRONOMIA ATRAVÉS DA JANELA > PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO COM INCRÍVEIS IMAGENS
22/04/2020

ASTRONOMIA ATRAVÉS DA JANELA > O CÉU PERDEU AS ESTRELAS?

 

Você já viu a Via Láctea? Já observou uma noite tão estrelada que teve até dificuldade em contar o número de estrelas? Se você mora nas médias e grandes cidades é muito provável que sua resposta seja não.Faça uma experiência bem simples! Vá para algum lugar em sua casa que consiga observar o céu. Conte quantas estrelas você consegue ver. Depois, apague suas luzes, espere alguns minutos para sua visão se acostumar ao escuro, e olhe novamente pro céu. Será que você conseguiu ver alguma estrela a mais? Por quê? A resposta é simples: poluição luminosa, Ela é consequência do uso inapropriado e excessivo da luz artificial. As estrelas continuam lá e o que realmente mudou foi a quantidade de luz artificial que a humanidade produz. Repare a imagem desse post, ela mostra o mesmo céu fotografado na cidade (pouquíssimas estrelas) e no campo. A diferença é enorme. Hoje me dia, os centros urbanos concentram edifícios que parecem não ter fim e inúmeros anúncios publicitários; as grandes indústrias; até mesmo o subúrbio tem erguido muitos condomínios e tudo isso implica em mais luzes. Embora seja ótimo para as atividades cotidianas do homem não estar mais na escuridão, tudo isso gera sérios problemas nos ecossistemas, na observação astronômica e até mesmo na nossa saúde.

 

Então, você de casa, pode se perguntar: mas existe uso errado da luz? Infelizmente, quase sempre, a resposta é afirmativa. Existem muitas formas de se utilizar a iluminação, e, na maioria das vezes, as pessoas pensam na praticidade e/ou na beleza. Vamos aos exemplos. Uma medida simples para a iluminação correta das ruas seria colocar um “chapéu” nos postes direcionando a luz para baixo, mas, é comum ver enfeites de luzes em prédios comercias e residenciais ou mesmo os holofotes de chão, que significam direcionamento errado da luz e desperdício de energia. Tanto esses, quanto outros modelos de iluminação, fazem com que o céu receba uma quantidade absurda de luz. Esse efeito ofusca as estrelas e
dificulta as observações astronômicas amadoras e profissionais.

 

Agora que você já tem um certo conhecimento sobre o assunto, que tal uma reflexão? o ano de 2020 veio e trouxe consigo reviravoltas tão surpreendentes que mais parece que estamos em um livro de ficção. A quarentena tem mostrado que além de combater a disseminação da
COVID-19, outras consequências da diminuição das atividades humanas acabaram surgindo, como a diminuição da poluição do ar. Por outro lado, com a maioria da população em casa, cresce o número de lâmpadas acesas, aumentando assim, a poluição luminosa. O que você pode fazer para
diminuir esse problema?

 

Você pode começar sempre pela sua casa! Feche as cortinas das janelas dos cômodos iluminados, impedindo a saída da luz. Se algum vizinho alguma vez ficou incomodado ao tentar dormir, talvez ele até lhe agradeça. Evite deixar lâmpadas acesas em cômodos não utilizados. Sugira uma troca de iluminação na entrada do seu prédio ou rua e converse com as pessoas ao seu redor sobre o assunto. Imagine agora se todos desligassem suas luzes por 15 ou 30 minutos? A quantidade de estrelas vistas nos céus da cidade seria muito maior. Todos poderiam aproveitar esse tempo de isolamento para apreciar a beleza do céu noturno. Por que não começar esse movimento? Então vamos combinar uma coisa bem legal: no dia 01/05, de 20 às 20:30, #DesligueAsLuzes. Espalhe essa ideia e colabore para um céu mais estrelado.

 

Se você gostou da postagem compartilhe e divulgue. Caso tenha dúvidas, escreva para os Astrônomos do Observatório do Valongo através do email extensao@astro.ufrj.br. Teremos o maior prazer em lhe responder. Ah, acesse também nosso recém criado canal do Youtube (TValongo) e nosso site oficial www.ov.ufrj.br.

 

Créditos da imagem: Jeremy Stanley and Wikipedia Commons licensed, disponível em
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/db/Light_pollution_country_versus_city.png