[Astronomia Através da Janela] Novembro Olha pro Céu

[Astronomia Através da Janela] Outubro: vão Chover Meteoros
04/10/2021
Professora do observatório recebe prêmio nos EUA
18/11/2021

[Astronomia Através da Janela] 

Novembro Olha pro Céu

 

Estamos no auge da primavera do hemisfério sul. Os dias se tornam cada vez mais longos e as temperaturas diurnas se elevam e as noites, consequentemente, mais curtas, com temperaturas amenas, que convidam para uma adorável sessão eventos celestes. Desacelere, esqueça suas preocupações diárias e, nem que seja por pelo menos por alguns minutos, permita-se apreciar chuvas de meteoros, conjunções e até um eclipse lunar parcial agora em novembro.

 

Convidamos também a todos, a fotografar esses eventos e enviá-los pra gente por e-mail ou através do formulário eletrônico.

 

Publicaremos suas fotografias aqui no site e nas redes sociais. Participe!

 

Imagem de Sofia Fonseca e Viviane Rodegheri.

 

Agora, fique de olho nos destaques do mês:

 

Vênus em conjunção com a Lua

No dia 7 de novembro ocorrerá uma linda conjunção entre o planeta Vênus e a Lua. Logo após o anoitecer, por volta das 19h, basta olhar no horizonte oeste que você verá uma lindíssima Lua Crescente, com cerca de 13% de sua face iluminada; Vênus estará logo acima. Será uma grande oportunidade para astrofotografias e para apreciar esses astros no Sistema Solar. Não perca, pois o evento se encerra por volta de 21h!

 

 

Saturno e Júpiter em conjunção com a Lua

Durante os dias 10 e 11 desse mês de novembro veremos uma bela conjunção entre os maiores planetas do Sistema Solar, Júpiter e Saturno, e nossa bela Lua, em fase crescente. Para encontrar os astros é bem simples, logo ao anoitecer  os astros estarão culminando, ou seja, no seu ponto mais alto no céu. Então basta olharmos para cima que os encontraremos. Os encontros acontecem na constelação de Capricórnio. No dia 10 a Lua estará mais próxima do planeta Saturno e no dia 11 mais próximo de Júpiter, do nosso ponto de vista. Aqueles que tiverem binóculos ou um telescópio simples podem também observar as Luas Galileanas ao redor de Júpiter e o belo sistema de anéis de Saturno.

 

 

 

 

Chuva de Meteoros Leônidas

Você não perderá sua noite de observação se marcar na sua agenda para observar as Leônidas, no dia17. Essa chuva tem média de 15 meteoros por hora. São meteoros rápidos, com velocidade média de 71 km/h. As chuvas de meteoros ocorrem quando a Terra intercepta acúmulos de pequenos detritos de cometas ou asteroides (nesse caso, o cometa Tempel-Tuttle, descoberto em 1865). O pico da chuva ocorre no dia 17, mas os meteoros dela podem ser vistos cruzando o céu de 06 até 30 de novembro. Então, prepare-se bem! Procure lugares bem escuros, longe das cidades, pois os meteoros dessa chuva não são muito brilhantes. Deite no chão, ou numa cadeira de praia e espere os olhos se adaptarem à escuridão. Tenha paciência! Os meteoros parecerão surgir da constelação do Leão, que surge à leste por volta das 01:30h.

 

Eclipse Lunar Parcial

Um eclipse lunar acontece quando a Terra fica alinhada entre o Sol e a Lua. É um evento especial, pois nessas ocasiões podemos ver a sombra da Terra projetada na nossa companheira celeste. Quando há um eclipse lunar total podemos ver que a Lua fica vermelha. Isso acontece por causa do desvio da luz do Sol ao passar pela atmosfera do nosso planeta e refletida na Lua. Porém, dessa vez não veremos o eclipse total, somente o parcial. Mas o eclipse lunar parcial é um evento muito legal também, e compensa muito você se preparar para observá-lo. Esteja atento à Lua na madrugada do dia 19. Você verá que a Lua cheia começará a ser tomada por uma sombra por volta das 03:00h. Acompanhe e veja a sombra da Terra tomar o disco lunar até por volta das 04h20, quando a Lua ficará abaixo da linha do horizonte.

 

 

 

Oposição do planeta anão Ceres

Esse planeta anão poderá ser observado por toda a noite do dia 27. Quando um objeto celeste está em oposição, significa que ele está oposto ao Sol, da perspectiva da Terra. E esta é a melhor fase para observar objetos mais fracos, pois é agora que eles atingem o maior brilho. Mas não esqueça que será um desafio, mesmo assim, pois Ceres terá uma magnitude de cerca de +6,7. Portanto, prepare seu telescópio ou binóculo. Ceres estará na direção das Híades, na constelação do Touro. Bons ceús!

 

 

Constelações de destaque: Peixes, Virgem, Sagitário, Touro, Leão e Órion estarão em destaque.

 

Assista o Episódio de Dicas do Céu de Novembro de 2021 aqui:

#Valongo #Astronomia #UFRJ #Astro #UniversidadePublica #AstroAtravesDaJanela #DesligueAsLuzes